MICROBIOLOGICAL ASSESSMENT OF WATER CONSUMED BY A RURAL POPULATION OF ILHA SOLTEIRA – SÃO PAULO

Authors

  • J. M. Fialho
  • M. A. Leite
  • A. C. S. Pião
  • C. B. Dornfeld
  • H. F. Alves Prado

DOI:

https://doi.org/10.18011/bioeng2017v11n3p273-286

Keywords:

potability, total and thermotolerant coliforms, Escherichia coli, rural areas

Abstract

The quality of water in rural areas is difficult knowledge, since the distribution does not occur equally in all places, which implies the difficulty of individual analyzes. Thus, the water for human consumption of in eighteen rural lots in the Ilha Solteira was assessed in relation to some physical and chemical parameters and, in particular, to the Total coliforms and Thermotolerant (Escherichia coli E. c) between January and September 2015, being this water from the municipal water supplies or wells. The parameters were compared with those established as acceptable by means of Decree nº 2.914/2011 of Ministry of Health, which establishes the standards of potability of water for human consumption. The values of total coliforms ranged from 3 to 240 MPN/100 mL and were detected in all lots. The thermotolerant coliforms were found in 39% of water samples from the lots and the results ranged from 3 to 23 NPM/100 mL while the enteroinvasive E. c (EIEC) bacterium was also confirmed in the same plots. The turbidity ranged from 0 to 16.0 UT; pH between 5.1 to 8.6 and electrical conductivity (E.C.) between 19.7 to 303.0 μS cm-1. The results presented here, it was found that 100% of water intended for human consumption in the rural area of Ilha Solteira does not meet the standards of potability.

Downloads

Download data is not yet available.

References

ALEIXO, B.; REZENDE. S.; PENA, J.L.; ZAPATA, G.; HELLER, L. Direito humano em perspectiva: desigualdades no acesso à água em uma comunidade rural do nordeste Brasileiro. Revista Ambiente & Sociedade, v. 19, n. 1, p. 63-82, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/asoc/v19n1/pt_1809-4422-asoc-19-01-00063.pdf>. Acessado em: 12 abr. 2016.

AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION – APHA- Standard methods for the examination of water and wastewater. 20.ed. Washington: American Public Health Association; American Water Works Association; Water Environment Federation. 1325p, 1999.

BARCELLOS, C.M.; ROCHA, M. da; RODRIGUES, L.S.; COSTA, C.C.; OLIVEIRA, P.R.; SILVA, I. J.; JESUS, E.F.M.; ROLIM, R.G. Avaliação da qualidade da água e percepção higiênico-sanitária na área rural de Lavras, Minas Gerais, Brasil. Caderno de Saúde Pública, v. 22, n. 9, p. 1967-1968, 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/%0D/csp/v22n9/21.pdf>. Acessado em: 12 abril 2016.

BRASIL (2011). Portaria nº 2.911 de 12 de dezembro de 2011. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Portaria n. 2.914, de 12 dezembro de 2011. Diário Oficial da União, n. 239, 14 dez. 2011. Seção 1, p. 39-46.

BUGNO, A.; ALMODÓVAR, A. A. B.; PEREIRA, T. C.; AURICCHIO. Detecção de bactérias gram-negativas não fermentadoras em água para diálise. Revista do Instituto Adolfo Lutz, v. 66, n. 2, p. 172-175, 2007. Disponível em: . Acessado 06 março de 2017.

CAMPOS, A.; GIARETTA, N.L.; ROTTA, M.; BECEGATO, V.; MACHADO, W.C.P.; ONOFRE, S.B. Caracterização microbiológica da água do meio rural da região sudoeste do Paraná. Geoambiente on-line - Revista eletrônica do Curso de Geografia do Campus Jataí- Goiás-UFG. n. 11, p. 206-220, 2008. Disponível em: <https://revistas.ufg.emnuvens.com.br/geoambiente/article/view/25973/14942>. Acessado em 16 de janeiro de 2016.

CANAL, N. Caracterização de Resistência antimicrobianos e diversidade genética em Escherichia coli isolada de amostras de água da Lagoa dos Patos, RS. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. 98 p. Dissertação Mestrado, 2010.

CETESB. Qualidade das águas subterrâneas do estado de São Paulo 2010-2012. São Paulo: Série Relatórios ISSN/0103-4103, 242 p, 2013.

EDBERG, S.C., RICE E.W.; KARLIN, R.J.; ALLEN, M.J. Escherichia coli: the best biological drinking water indicator for public health protection. Journal of Applied Microbiology, Oxford, v. 88, p. 106-116, 2000. Disponível em: < http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2672.2000.tb05338.x/pdf >. Acessado em: 22 de março de 2016.

FRANCO, B.D.G.M.; LANDGRAF, M. Microbiologia dos alimentos. São Paulo: Atheneu. 182 p, 2008.

FRANCO, R.A.M.; HERNADEZ, F.B.T. Qualidade da água para irrigação na microbacia do Coqueiro, estado de São Paulo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. V. 13, n. 6, p. 772-780, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbeaa/v13n6/v13n6a16.pdf>. Acessado em: 06 de março de 2017.

GOOGLE MAPS -Localização de Ilha Solteira/SP, 2016. Disponível em: <https://www.google.com.br/maps/place/Ilha+Solteira+-+SP/@-20.4377944,-51.359229,16280m/data=!3m1!1e3!4m5!3m4!1s0x9499f8719482b45b:0x2763c44fdc87bc75!8m2!3d-20.4323064!4d-51.3487221>. Acessado em: 6 de junho de 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Ilha Solteira. Infografos: Dados Gerais dos Municípios, 2016. <http://www.cidades.ibge.gov.br/painel/painel.php?lang=&codmun=352044&search=||infogr%E1ficos:-dados-gerais-do-munic%EDpio>. Acessado em: 8 de maio de 2016.

LIB NIO, M. Fundamentos de qualidade e tratamento de água. Campinas: Átomo, 444 p, 2005.

LIMA, J.O.G.; FRANÇA, A.M.M.; LOIOLA, H.G. Implicações Hidroquímicas da Condutividade Elétrica e do Íon Cloreto na Qualidade das Águas Subterrâneas do Semiárido Cearense. Revista Virtual de Química. V. 6, n. 2, p. 279-292, 2014. Disponível em: <http://rvq.sbq.org.br/imagebank/pdf/v6n2a08.pdf>. Acessado em: 3 de março de 2016.

MANKE, E. B.; PRIEBE, P. dos S.; SANTOS, J. P. dos; DUBOW, M.; SOUZA, M. F. de. Qualidade da água: qual a percepção do agricultor? In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 19., 2010, Pelotas. Anais... Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2010. Disponível em: <http://wp.ufpel.edu.br/rhima/files/2010/09/Emanuele-EN_00110.pdf>. Acesso em: 1 de novembro de 2016.

MELO, C.A.; MOREIRA, A.B.; BISINOTI, M.C. Perfil espacial e temporal de poluentes nas águas da Represa Municipal de São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil. Revista Química Nova, v. 32, n. 6, p.1436 – 1441, 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/qn/v32n6/14.pdf>. Acessado em: 8 de março de 2017.

MONTEIRO, A.B.; DINIZ, J.A.O.; FILHO, F.L.C. Regressão e Validação do Modelo de Correlação entre CE e STD: Uma Contribuição ao Estudo do Aquífero Cabeças. Sudeste da Bacia Sedimentar do Parnaíba – PI. Revista Águas Subterrâneas: Suplemento - XVIII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, 2014. Disponível em:< https://aguassubterraneas.abas.org/asubterraneas/issue/view/1303>. Acessado em 4 de abril de 2016.

ORIGINPRO 2015. Copyright© 1991-2014 OriginLab Corporation, 2015.

SILVA, N.; JUNQUEIRA, V.C.A.; SILVEIRA, N.F.A.; TANIWAKI, M.H.; SANTOS, R.F.S.; GOMES, R.A.G.; OKAZAKI, M. M. Manual de Métodos de Análise Microbiológica de Alimentos e Água. São Paulo: Logomarca Varela, 317 p. 2010.

UNESP. Dados Climáticos Diários – Estação Ilha Solteira de 26 de janeiro a 14 de setembro de 2015, 2016. Disponível em: <http://clima.feis.unesp.br/recebe_formulario.php>. Acessado em 8 de junho de 2016.

VIDAL, A.P.; GÓMES-DÍAS, J.; SALAMANCA-ROJAS, K.L.; ROJAS-TORRES, L.Y. Evaluación del tratamiento de agua para consumo humano mediante filtros Lifestraw® y Olla Cerámica Evaluation of drinking-water treatment by Lifestraw and Ceramic-pot filters. Revista de Salud Pública, v. 18, n. 2, p. 275-289, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.org.co/pdf/rsap/v18n2/v18n2a11.pdf>. Acessado em: 14 de junho de 2016.

Published

2017-09-29

How to Cite

FIALHO, J. M.; LEITE, M. A.; PIÃO, A. C. S.; DORNFELD, C. B.; ALVES PRADO, H. F. MICROBIOLOGICAL ASSESSMENT OF WATER CONSUMED BY A RURAL POPULATION OF ILHA SOLTEIRA – SÃO PAULO. Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas, Tupã, São Paulo, Brazil, v. 11, n. 3, p. 273–286, 2017. DOI: 10.18011/bioeng2017v11n3p273-286. Disponível em: https://seer.tupa.unesp.br/index.php/BIOENG/article/view/550. Acesso em: 24 may. 2022.

Issue

Section

Regular Section