DETERMINAÇÃO DO CONFORTO TÉRMICO DE VACAS LEITEIRAS UTILIZANDO A MINERAÇÃO DE DADOS / EVALUATION OF THERMAL COMFORT IN DAIRY CATTLE USING DATA MINING

Authors

  • MAURÍCIO PERISSINOTTO Departamento de Engenharia Rural , ESALQ /USP, Piracicaba
  • DANIELLA J. DE MOURA FEAGRI-UNICAMP. Campinas, SP.

DOI:

https://doi.org/10.18011/bioeng2007v1n2p117-126

Abstract

Vários estudos já demostraram que o desempenho animal é influenciado pelo ambiente térmico e que a intensidade com que isso ocorre é função da região e dos animais com que se está trabalhando, o que fez surgir vários relatos sobre os limites do Índice de Temperatura e Umidade (ITU). Sendo assim, o objetivo deste estudo foi modelar e avaliar o impacto do estresse térmico pelo uso da Mineração de Dados meteorológicos (temperatura e umidade relativa do ar) e de um conjunto de classes oriundas da integração da base de regras dos dados fisiológicos (temperatura retal e freqüência respiratória) e assim determinar os intervalos críticos do ITU. O banco de dados foi formado no município de São Pedro - SP. Para isso foi utilizado o programa computacional WEKA ®, versão 3- 4, que executou tarefa de classificação, utilizando o algoritmo J48 em validação cruzada para a construção da árvore de decisão. Os resultados obtidos por intermédio da Mineração de Dados meteorológicos e fisiológicos permitiram adaptar o ITU em função da região e dos animais utilizados. A Mineração de Dados também permitiu estabelecer alguns parâmetros ideais de conforto aos animais para as condições de estudo. Observou-se que valores do ITU por volta de 77 proporcionam condição de conforto para os animais confinados e quando o ITU atinge valores acima de 80 a situação é de estresse térmico alto.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2007-11-10

How to Cite

PERISSINOTTO, M.; MOURA, D. J. D. DETERMINAÇÃO DO CONFORTO TÉRMICO DE VACAS LEITEIRAS UTILIZANDO A MINERAÇÃO DE DADOS / EVALUATION OF THERMAL COMFORT IN DAIRY CATTLE USING DATA MINING. Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas, Tupã, São Paulo, Brazil, v. 1, n. 2, p. 117–126, 2007. DOI: 10.18011/bioeng2007v1n2p117-126. Disponível em: https://seer.tupa.unesp.br/index.php/BIOENG/article/view/13. Acesso em: 25 sep. 2021.

Issue

Section

Articles