PERFORMANCE OF SUGARCANE CULTURE PRODUCTION IN THE MAIN PRODUCING STATES

Authors

  • Lazaro Quintino Alves Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS), Departamento de Agronomia, Campus de Alfenas, MG https://orcid.org/0000-0002-2036-1458
  • Petrus Narciso Franco Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS), Departamento de Agronomia, Campus de Alfenas, MG
  • Willian Aparecido Leoti Zanetti Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Engenharia, Campus de Tupã, SP https://orcid.org/0000-0002-3723-7437
  • Bruno César Góes Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP, Faculdade de Ciências e Engenharia, Campus de Tupã, SP https://orcid.org/0000-0002-4409-1720

DOI:

https://doi.org/10.18011/bioeng2021v15n2p303-317

Keywords:

Sugar, Agribusiness, Ethanol, Technology

Abstract

The cultivation of sugarcane is one of the main sources for the production of sugar and ethanol in Brazil, measuring growth in the sector, especially after the regulation of flexfuel motor vehicles. In this sense, the objective of this work was to analyze the performance of the sugarcane cultivated area in the main producing states: São Paulo, Goiás, Minas Gerais and Mato Grosso do Sul. considered the period between 2000 and 2020; for ethanol and sugar production, the period between 2005 and 2020 was considered. Statistical analysis of the Pearson correlation (r) was performed between the studied variables, during the period from 2005 to 2020. In this sense, it was possible to observe the increase of the planted area in the analyzed regions, as well as the increase in the productivity of the crop and of the sugar-alcohol sector, mainly in the region of the Polygon of Agrohidronegócio, in the Center-South region of Brazil. Ethanol production showed growth over the period analyzed, influenced by the increase in the production of flexfuel vehicles.

Downloads

Download data is not yet available.

References

ANDRADE, M. C. Inovações tecnológicas no setor sucroalcooleiro: Determinantes, estágio vigente e perspectivas no contexto brasileiro (2005 - 2014). Revista Brasileira de Gestão e Inovação – Brazilian Journal of Management & Innovation, v.4, n.3, p. 89-106, 2017.

ANFAVEA. Anuário da Indústria Automobilística Brasileira. Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores ANFAVEA, v. 11, p.52-53. São Paulo, 2021.

ARAÚJO, D. F. C. de.; ARAÚJO SOBRINHO, F. L. A cultura agrícola da cana-de-açúcar no Brasil: contribuição ao estudo dos territórios rurais e suas contradições e conflitos. Geopauta, v. 4, n. 1, p.162-183, 2020.

BARCELOS, M. Políticas de biocombustíveis no Brasil: uma análise da agenda do álcool combustível com base no papel das ideias e dos agentes. Campos Neutrais - Revista Latino-Americana de Relações Internacionais, v. 3, n. 1, p. 12–26, 2021.

BARROS, R. Energia para um novo mundo. Rio de Janeiro. Monte Castelo Ideias, 2007. 160 p.

BEZERRA, J. D. C.; FERREIRA, G. D. G.; OLIVEIRA, M. W. de.; CAMPOS, J. M. de. S.; ANDRADE, A. P. de.; NASCIMENTO JÚNIOR, J. R. S. do. Cana-de-açúcar: Melhoramento genético e suas finalidades forrageiras. Nucleus Animalium, v.10, n.2, p. 131-147, 2018.

BITTENCOURT, G. M.; GOMES, M. F. M. Fontes de crescimento da produção de cana-de-açúcar no Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. REDES – Revista de Desenvolvimento Regional, Santa Cruz do Sul, v. 19, n. 2, p. 182-201, 2014.

BORDONAL, R. O. et al. Sustainability of sugarcane production in Brazil. A review. Agronomy for Sustainable Development, v. 38, n. 13, p. 1-23, 2018.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Projeções do Agronegócio: Brasil 2018/19 a 2028/29 projeções de longo prazo / Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Política Agrícola. – Brasília: MAPA/ACE, 2019. 126 p.

CALLEGARI-JACQUES, S. M. Bioestatística: princípios e aplicações. Tradução, Artmed Editora, 2009.

CEPEA. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada. Açúcar/Perspectiva 2020: Produção mundial pode se retrair, após duas temporadas. USP – Universidade de São Paulo, 2020.

CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar. v. 7 - Safra 2013/2014, n. 4 – Quarto levantamento, Brasília, p.1-14, 2014.

CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar. v. 7 - Safra 2017/2018, n. 1 – Primeiro levantamento, Brasília, p.1-58, 2018.

CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar. v. 7 - Safra 2019/2020, n. 4 – Quarto levantamento, Brasília, p.1-58, 2020.

CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar: v. 7 - Safra 2020/2021, n. 4 – Quarto levantamento, Brasília, p.1-57, 2021.

CRUZ, A., COELHO, M., TORRES, D. Dinamismo e competitividade do Brasil nos mercados doméstico e internacional de açúcar. Revista de Política Agrícola, v. 9, n. 2, p. 119-139, 2020.

EMBRAPA. Melhoramento genético de cana-de-açúcar / Lizz Kezzy de Morais. Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 38 p. (Documentos / Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2015.

FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JÚNIOR, J. A. Desvendando os mistérios do coeficiente de Correlação de Pearson (r). Revista Política Hoje, v. 18, n. 1, p. 115-146, 2009.

GALARÇA, S. P. et al. Correlação de Pearson e análise de trilha identificando variáveis para caracterizar porta-enxerto de Pyrus communis L. Ciência e Agrotecnologia, v. 34, n. 4, p. 860-869, 2010.

KOHLHEPP, G. Análise da situação da produção de etanol e biodiesel no Brasil. Estudos Avançados, v. 68, n. 24, p. 223-253, 2010.

LUCENA, R, A, F.; DEMARTELAERE, A. C. F.; PRESTON, H. A. F.; PRESTON, W.; FEITOSA, S. dos. S. F.; FERREIRA, A. dos. S.; SILVA, H. F. da; SANTOS, J. J. M. dos. Brazilian Journal of Development. v.6, n.9, p. 64881-64892, 2020.

MATOS, P. F. de; MARAFON, G. J. Dinâmica territorial do setor sucroenergético em Santa Vitória, Minas Gerais. Revista Campo-Território, v.15, n.37, p. 1-18, 2020.

MOORE, D. S. The Basic Pratice of Statistic. New Yorkm Freeman, 2007.

MUSSI, R. F.; ALVES JÚNIOR, J.; EVANGELISTA, A. W. P.; CASAROLI, D.; BATTISTI, R. Evapotranspiração da cana-de-açúcar estimada pelo algoritmo Safer. Irriga, v. 25, n. 2, p. 263-278, 2020.

NOVACANA. As usinas de Açúcar e Etanol do Brasil. 2021. Disponível em: https://www.novacana.com/usinas_brasil/estados. Acesso em: 15 maio 2021.

PAULI, R. I. P.; ZAJONZ, B. T.; SCHULZ, J. R. da. S.; FREITAS, C. A. de. A Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) vem sofrendo restrições pela produção de biocombustíveis? Uma análise a partir do modelo de Zockun. Revista de Desenvolvimento Econômico, v. 2, n. 46, p.210-232, 2020.

PEREIRA, L. A. G.; BARRETO, J. B. Geografia das exportações de açúcar e de etanol no estado de Minas Gerais. Revista Campo-Território, v. 15, n. 36, p. 230-258, 2020.

PEREIRA, M. J.; SANTOS, R. L. dos; SILVA, C. J. C. da; ATAIDE, L. dos S. C.; SANTOS, R. V. de S.; MONTE, I. R. do; SILVA, I. C. da; SANTOS, J. A. dos; SANTOS, M. B. da. C. Development of sugarcane varieties under foliar application of Nitrogen. Research, Society and Development, v. 9, n. 8, p. 1-18, 2020.

ROSSI, R. M.; FERNANDES, B. F. Análise estratégica da evolução dos custos de produção da cultura da cana-de-açúcar em Goiás. Custos e @gronegócio on line, v. 16, n. 3, p.256-289, 2020.

SANTOS, H. F. dos; CASTILLO, R. Vulnerabilidade territorial do agronegócio globalizado no Brasil: crise do setor sucroenergético e implicações locais. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), v. 24, n. 3, p. 508-532, 2020.

SAMPAIO, M. de. A. P. Mato Grosso do Sul e suas zonas canavieiras: uma região de fronteira (1931-2020). Revista NERA, v. 24, n. 60, p. 175-20, 2021.

SHIKIDA, P. F. A.; SOUZA, E. C. Agroindústria canavieira e crescimento econômico local. Revista de Economia e Sociologia Rural. 2009, v. 47, n. 3. 2021, pp. 569-600.

SILVA, C. C. da; POLLI, S. A. O programa nacional de produção e uso do biodiesel - PNPB e a atuação da agricultura familiar. Brazilian Journal of health Review, v. 3, n. 2, p. 3542-3555, 2020.

TAMBORIN, C. V.; SANTOS, R. J. Expansão do cultivo de cana de açúcar na microrregião de Uberaba e a produção de leite. Observatorium: Revista Eletrônica De Geografia, v.11, n.3, p.78-107, 2021.

XAVIER, M. The Brazilian sugarcane ethanol experience. Advancing Liberty from the Economy to Ecology, Issue analysis 3, p. 1-14, 2007.

Published

2021-10-13

How to Cite

ALVES, L. Q.; FRANCO, P. N.; ZANETTI, W. A. L.; GÓES, B. C. PERFORMANCE OF SUGARCANE CULTURE PRODUCTION IN THE MAIN PRODUCING STATES . Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas, Tupã, São Paulo, Brazil, v. 15, n. 2, p. 303–317, 2021. DOI: 10.18011/bioeng2021v15n2p303-317. Disponível em: https://seer.tupa.unesp.br/index.php/BIOENG/article/view/1033. Acesso em: 17 oct. 2021.

Issue

Section

Articles