DIAGNÓSTICO DA DEGRADAÇÃO AMBIENTAL DE UMA ÁREA ÀS MARGENS DA CE- 292 EM CRATO-CE

C. E. Bezerra, J. P. da Silva, R. de S. Ferreira, C. L. da Silva A., K. A. Rodrigues, R. A. da Silva, S. J.G. Rodrigues

Resumo


Toda ação antrópica sobre o meio ambiente resulta em um impacto ambiental, seja negativo ou positivo.  No caso da construção de uma rodovia, onde se retira parte da vegetação e se insere tantas interferências (como a poluição sonora) ao meio ecológico ali existente faz-se necessária a avaliação dos resultados da degradação causada pela ação humana. Portanto, este estudo objetivou avaliar e apresentar um diagnóstico de degradação ambiental de uma área às margens da CE-292 em Crato - CE, pela interferência antrópica. Para então, a partir dos conhecimentos dos impactos, fica viável adotar medidas de recuperação ou mitigação na área. Inicialmente procurou-se visitar o entorno da rodovia em questão para identificação dos efeitos e posterior categorização, através da metodologia “check-list”. De acordo com os resultados, observou-se que os principais impactos ambientais diagnosticados foram o desmatamento, redução da flora nativa nas margens, deslocamento da fauna e intensificação dos processos erosivos e presença de resíduos sólidos. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2020v14n1p16-26

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOENG, UNESP, Tupã, SP, Brasil. e-ISSN: 2359-6724

 Licença Creative Commons

A Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.