CRESCIMENTO INICIAL DE CLONES DE EUCALYPTUS EM FUNÇÃO DA ADUBAÇÃO DE NPK

H.A.S. Silva, S. Buzetti, R.N. Gazola, G.G. Marques, M.C.M. Teixeira Filho, R.P.D. Gazola

Resumo


A adubação NPK e a escolha do material genético são fundamentais no estabelecimento e na produtividade da cultura. Assim objetivou-se avaliar o efeito de adubação mineral de plantio, no crescimento de clones de eucalipto (Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis), em solo de Cerrado. O experimento foi conduzido de outubro de 2015 a julho de 2017, na fazenda Campo Verde IV, localizada no município de Selvíria - MS. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com 12 tratamentos e quatro repetições, em esquema fatorial 3x4, sendo três clones (I144, H13 e 1528) e quatro doses: 0, 160, 320 e 640 kg ha-1 da fórmula 08-32-16 + 0,5% B, 0,5% Cu e 0,5% Zn. Cada parcela foi composta por 42 plantas, distribuídas em sete linhas de seis plantas cada, totalizando 378,0 m2 de área, sendo considerada área útil apenas as seis plantas centrais, totalizando 54,0 m2. Foram avaliados aos 17 meses de idade o diâmetro à altura do peito (DAP) e volume de madeira com casca. A adubação propiciou aumento do DAP e da produtividade de madeira para os três clones, sendo o 1528 mais produtivo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2019v13n1p44-50

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOENG, UNESP, Tupã, SP, Brasil. e-ISSN: 2359-6724

 Licença Creative Commons

A Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.