UNIDADE MÓVEL PARA O BENEFICIAMENTO DE TOMATE/ITINERANT UNITY FOR TOMATOES HANDLING PROCESS

RICARDO RODRIGUES TEIXEIRA, Cláudio Bianor Sverzut

Resumo


RESUMO

As perdas pós-colheita de tomate apresentam níveis bastante elevados, sendo proporcionais ao tempo de exposição dos frutos a condições climáticas adversas no período entre a colheita e o beneficiamento. Neste contexto, o presente trabalho propõe o desenvolvimento de uma unidade móvel para o beneficiamento de tomates em campo, visando reduzir o tempo entre a colheita e o beneficiamento de tomates e, conseqüentemente, reduzir as perdas pós-colheita. Para tal, foram identificados em campo os processos e tarefas necessários para o beneficiamento de tomates, empregados como base no desenvolvimento da unidade móvel. A unidade móvel foi então montada sobre uma carroceria do tipo baú. Foram avaliados os custos para a construção da unidade móvel e custos operacionais. A unidade móvel apresentou-se como uma solução de custo relativamente baixo para a redução das perdas pós-colheita do tomate.

PALAVRAS-CHAVES: Perdas pós-Colheita, Qualidade dos Frutos, Qualidade do Tomate.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2008v2n2p175-183

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOENG, UNESP, Tupã, SP, Brasil. e-ISSN: 2359-6724

 Licença Creative Commons

A Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.