INFLUÊNCIA DO THIDIAZURON E DA INOCULAÇÃO COM Azospirillum brasilense NO CRESCIMENTO E PRODUTIVIDADE DO ARROZ DE TERRAS ALTAS / INFLUENCE OF THIDIAZURON AND INOCULATION WITH Azospirillum brasilense IN THE GROWTH AND PRODUCTIVITY OF HIGHLAND RICE

L. M. Garé, F. S. Buzo, O. Arf, J. R. Portugal, T. L. S. Silveira, F. C. Meirelles

Resumo


A inoculação com bactérias do gênero Azospirillum pode contribuir com o fornecimento de nitrogênio (N) e com o crescimento das plantas, pois esses microrganismos são também promotores de crescimento. Por outro lado a aplicação nas doses e épocas adequadas do regulador vegetal de efeito citocinínico thidiazuron (TDZ) pode vir a beneficiar a produtividade de grãos. Dessa maneira, o objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de doses de TDZ sobre a produtividade do arroz, na presença e ausência da inoculação foliar com Azospirillum brasilense. Foi utilizada a cultivar ANa 5015, no delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 2, sendo quatro doses de TDZ (0,0; 0,5; 1,0 e 1,5g ha-1) aplicadas por ocasião do perfilhamento, 30 DAE, e da aplicação de Azospirillum brasilense (presença ou ausência) em dose fixa aos 20 DAE. Verificou-se que a cultivar ANa 5015 não se mostrou responsiva para a inoculação foliar com Azospirillum brasilense na dose de 200 mL ha-1. Para as doses de TDZ aplicadas via foliar, houve uma variação significativa na altura de plantas, cuja dose de 0,41 g ha-1 resultou na altura máxima de 1,11 m. Não houve efeito das doses de TDZ na produtividade, massa de 100 grãos, número de panículas por m², grãos por panícula e massa hectolítrica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2017v11n4p326-339

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOENG, UNESP, Tupã, SP, Brasil. e-ISSN: 2359-6724

 Licença Creative Commons

A Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.