DESEMPENHO TÉRMICO DE BEZERREIROS COBERTOS COM TELHA DE FIBROCIMENTO E FORRO ECOLÓGICO DE SUBPRODUTOS AGROINDÚSTRIAS ASSOCIADO A MATERIAIS ISOLANTES

G. Barbirato, J. Fiorelli, G. Lino, J. C. M. Cravo, M. S. Bertolini, F. A. R. Lahr

Resumo


Este trabalho descreve um estudo sobre o potencial de utilização de um forro ecológico constituído de subprodutos da agroindústria (partículas de madeira de maravalha de Pinus sp. e bagaço de cana-de-açúcar - Saccharum officinarum L.) associado a placas de poliestireno expandido (isopor®) e de poliuretano à base de óleo de mamona (PU-mamona), quando aplicados em bezerreiros cobertos com telha de fibrocimento. Nesse estudo foi aferida a temperatura interna, umidade relativa e o índice de temperatura e umidade (ITU), no período do verão, durante 21 dias. Os resultados obtidos indicaram que o ITU e temperatura ambiente interna das instalações com forro ecológico associado a placas de isopor® e PU-mamona foram inferiores àquelas aferidas em bezerreiros sem forro. As imagens captadas por câmera termográfica indicam que os materiais empregados como forro amorteceram a transferência de calor e radiação para o interior dos bezerreiros, ocasionando menores temperaturas internas nesses ambientes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2015v9n3p261-267

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOENG, UNESP, Tupã, SP, Brasil. e-ISSN: 2359-6724

 Licença Creative Commons

A Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.