THE DEPLOYMENT OF BIODIGESTER SYSTEMS IN RURAL PROPERTIES / ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS BIODIGESTORES EM PROPRIEDADES RURAIS

M.C.R. HALMEMAN, M.G. STACHISSINI, F.M. DAMACENO, L.R.A. GABRIEL FILHO, C.P. CREMASCO, F.F. PUTTI

Resumo


A suinocultura é apresenta forte impacto na economia nacional e internacional de carnes. Este setor do agronegócio gera dejetos sólidos e líquidos que, quando depositados inadequadamente impactam o ambiente. Uma alternativa para o tratamento destes efluentes seria aliar um manejo apropriado da biomassa residual com sistema biodigestor. Deste modo, o objetivo do trabalho foi levantar dados para implantar um sistema biodigestor em uma propriedade rural em Mamborê-PR, com um plantel de 330 matrizes. Foi obtido o valor de 30.301,49 kg.dia-1 de fezes e urina, e a utilização de 15,673 m3 de água. O volume diário de dejetos possibilitou estimar a quantidade de biogás, considerando tempos de detenção hidráulica (TDH) de 22 dias e 30 dias, com a variação de temperatura da biomassa de 20°C, 25°C e 30°C. A estimativa da energia elétrica produzida foi de 105.553,95 kWh.ano-1 com TDH de 22 dias e temperatura de 20°C. O biofertilizante produzido nestas condições foi de 27.500 kg. Assim, o biogás produzido poderia gerar energia elétrica para suprir as necessidades da propriedade e o biofertilizante produzido poderia ser utilizado nos cultivos da propriedade ou comercializado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2014v8n4p351-360

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


BIOENG, UNESP, Tupã, SP, Brasil. e-ISSN: 2359-6724

 Licença Creative Commons

A Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.